Brasileiros criam "água gourmet" a partir do ar da Amazônia

O segmento gourmet chegou em um setor inédito: empresários brasileiros querem engarrafar água produzida a partir do ar da floresta Amazônica. Após quatro anos de pesquisa, um grupo de brasileiros lançará em março de 2015, uma água batizada de Ô Amazon Water, retirada do ar na cidade de Barcelos, às margens do Rio Negro, segundo o jornal Folha de S. Paulo.

A captação é feita por um ventilador, que suga o ar para dentro de um condensador. Depois de purificada, a água recebe minerais e é engarrafada em vidro, material com reciclagem virtualmente eterna. O sistema usa energia solar e não derrubará uma árvore sequer, dizem os inventores: as máquinas serão instaladas em uma fábrica de palmito desativada.

No entanto, o acesso a essa água produzida de forma sustentável. Com previsão de produzir apenas 6 milhões de garrafas por ano, os criadores planejam vender cada uma delas a €6,50 (cerca de R$ 21). O público-alvo são frequentadores de hotéis cinco estrelas e restaurantes na Europa. Segundo os inventores, o custo logístico e tributário no Brasil é muito alto. Você pagaria para provar essa água?

Nenhum comentário:

Postar um comentário